Bem vindo

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
Visitantes: 1251421
 
 


 

Fauna e Flora Marinha

A Região Autónoma da Madeira alberga uma biodiversidade que, devido à sua peculiaridade, especificidade e raridade, é reconhecida internacionalmente, de que são exemplos a Floresta Laurissilva, Património Mundial Natural sob a égide da UNESCO, a Reserva Natural das Ilhas Desertas, detentora da Classificação de Reserva Biogenética do Conselho da Europa e a Reserva Natural das Ilhas Selvagens, detentora do Diploma Europeu.

necessidade de preservar o Património Natural levou à criação de diversas áreas protegidas, compreendendo 73% do território e 19.350 hectares no mar. Para além destas áreas protegidas, a existência de 11 Sítios da Rede Natura 2000 e o desenvolvimento de projectos de conservação da Natureza, alguns deles co-financiados por fundos internacionais, são testemunhos do empenho na salvaguarda do Património Natural existente na Madeira.

Fauna Marinha

A fauna marinha do arquipélago da Madeira caracteriza-se pela sua grande diversidade específica, influenciada sobretudo pelas suas características geográficas, oceanográficas e climáticas. Com mais de 500 espécies peixes e um incontável número de espécies de invertebrados marinhos, este número aumenta todos os anos, fruto das novas descobertas científicas, realizadas pela investigação biológica no aprofundar do conhecimento sobre a nossa última fronteira - o mar.

Tanto a fauna como a flora do mar do arquipélago da Madeira, são constituídas por sobreposições de espécies com afinidades biogeográficas tão distintas, como as do Mar da Noruega e do Mar Mediterrâneo a Norte, e as das águas tropicais quentes desde a Costa de África ao Golfo do México a Sul.

Para muitas espécies tropicais atlânticas, o arquipélago da Madeira constitui o limite Norte da sua distribuição, tendo se verificado nos últimos anos, o aparecimento de novas espécies marinhas tropicais, até aí desconhecidas nos mares da Madeira, facto que vem apoiar a actual teoria do aquecimento global do planeta.

Outro factor que contribui também para o grande número de espécies da fauna marinha Regional é a enorme amplitude da profundidade, que varia dos 0 até mais de 4000 metros de profundidade, entre a costa e a planície abissal, albergando uma multiplicidade de espécies costeiras, pelágicas, bentónicas e abissais, adaptadas aos diversos ecossistemas e nichos ecológicos existentes.

Abordagens ás Espécies


Monachus monachus Hermann – Lobo-marinho



Epinephelus marginatus – Mero



Grapsus­_webbi – Carangueijo_cabra



Mullus_surmuletus – Salmonete



Pseudolepidalous_ Srofa – Peixe cão



Sarpa_salpa – Salema



Telmatactis_cricoides – Anémona_do_mar_grande


 

Fotografia do Parque Natural da Madeira e de Bernardo Faria

Para mais informação fazer link à pagina do PNM –



Colabore com o Ama-lingua:  Email
 

St Michaels Federal | Abel´s Family Cleaning | Gilberts Jewelers | Larnet | Eduardo Costa | Júlio Silva Castro |